Entrega grátis em Portugal para compras superiores a 40€

 - 
English
 - 
en
French
 - 
fr
German
 - 
de
Italian
 - 
it
Portuguese
 - 
pt
Russian
 - 
ru
Spanish
 - 
es
0
  • No products in the cart.
 

Tratamento para diarreia

Tratamento para diarreia

Movimentos intestinais onde as fezes são soltas ou aquosas, são características comuns da síndrome do intestino irritável e podem resultar em um aumento da frequência e / ou urgência dos movimentos intestinais e, em casos graves, incontinência. O tratamento para diarreia pode ser feito através da dieta fodmap, suplementação com fibra, probióticos e / ou alguns medicamentos.

Fatores que podem contribuir para a diarreia na síndrome do intestino irritável incluem:

  • Trânsito intestinal rápido
  • Obstipação (pode resultar em diarreia por transbordamento)
  • Má absorção de ácido biliar
  • Infecção (atual ou passada)

Tratamento

Enquanto uma dieta baixa em FODMAP pode ajudar a aliviar a diarreia na síndrome do intestino irritável, em algumas pessoas, outras terapias também podem ser necessárias:

  1. Fibra
    Suplementos de fibra podem ajudar a moldar fezes soltas ou aquosas em pacientes. As fibras viscosas e solúveis com boas propriedades de retenção de água / de formação de gel (como psílio, aveia / farelo de aveia, metilcelulose ou policarbófilo de cálcio) podem promover fezes mais sólidas ou semi-sólidas. Pode acontecer da pessoa, temporariamente, ter inchaço / distensão abdominal, desconforto e mudança no hábito intestinal ao iniciarem suplementos de fibra. Por isso, o aumento da ingestão de fibras deve ser feito lentamente.
  2. Probióticos
    Poucos estudos examinaram os efeitos dos probióticos em pessoas que sofrem da síndrome do intestino irritável com um dos sintomas sendo a diarreia. No pequeno número de estudos realizados, os resultados são contraditórios e mostram que os efeitos dependem do tipo de probiótico a ser utilizado. Por exemplo, um estudo que usou Bifidobacterium infantil em participantes com SII-D (síndrome do intestino irritável com predominância de diarreia) mostrou melhorias na evacuação incompleta, esforço, satisfação com o trânsito intestinal e sintomas gerais em comparação com o placebo.
  3. Medicamentos
    Alguns dos medicamentos utilizados são: loperamida, antibióticos (Rifaximin), agentes de serotonina, antidepressivos, sequestradores de sal biliar e eluxadolina.

Se precisa de ajuda para tratar esse problema, clique aqui para agendar uma consulta. Caso queira saber mais sobre o nosso tratamento para a síndrome do intestino irritável, clique aqui.

×