0
  • No products in the cart.
 

Doenças Inflamatórias Intestinais

Agende hoje a sua consulta

O que são as Doenças Inflamatórias Intestinais?

A doença  inflamatória do intestino é uma inflamação que ocorre a nível gastrointestinal, tornando o intestino vermelho, inchado e com presença de úlceras.  Estas doenças inflamatórias intestinais podem ser divididas em dois grupos principais: Doença de Crohn e Colite Ulcerosa.

A designação doença inflamatória do intestino aplica-se essencialmente à doença inflamatória crónica intestinal de causa desconhecida. É caracterizada por períodos em que está ativa e por períodos de remissão.

A doença de Crohn e colite ulcerosa têm muitas semelhanças sendo, por vezes, difíceis de serem distinguidas entre si. Há, no entanto várias diferenças, uma delas é a zona onde incide a inflamação. A colite ulcerosa afeta o intestino grosso, enquanto que a doença de Crohn pode incidir em qualquer zona do tubo digestivo.

doenças inflamatórias intestinais

Ambas podem ser consideradas doenças autoimunes. Por outras palavras, são o resultado de quando as defesas atacam o próprio corpo.

 

Nota: a doença de Crohn não deve ser confundida com a síndrome do colon irritável, que afeta a contractilidade do cólon, neste caso nunca ocorre inflamação do intestino.

Causas

As causas das doenças inflamatórias são de origem desconhecida, mas há estudos que apontam para uma ligação entre vários fatores: genéticos, luminais, barreira intestinal e imunológicos.

  • Fatores Genéticos:
    maior incidência na mesma família, tanto na Doença de Crohn, como na Colite Ulcerosa
  • Fatores Luminais:
    redução das “boas” bactérias no intestino que ajudam no controlo das bactérias potencialmente patogénicas;
  • Fatores da Barreira Intestinal:
    a barreira intestinal é uma defesa do nosso organismo e quando afetada, o organismo fica ainda mais suscetível;
  • Fatores Imunológicos:
    maior estimulação celular que amplifica todo o processo inflamatório.

Apesar de não estar provado, sugere-se também uma ligação a fatores emocionais como possíveis causas para estas doenças.

Há uma maior incidência em dois grupos etários: entre os 15 e 25 anos e entre os 45 e 55 anos. Ou, pelo menos, quando são mais frequentemente diagnosticadas.

Sintomas

Os sintomas são variáveis, dependendo da doença, assim como também dos períodos em que estão ativos ou em remissão. No entanto, aqui ficam alguns sintomas em função do grupo de doenças inflamatórias intestinais a que pertencem:

Colite Ulcerosa:

  • Cólicas;
  • Cansaço;
  • Perda de apetite e peso;
  • Diarreia com presença de sangue.

Doença de Crohn:

  • Dor abdominal, poderá estar associada a diarreia;
  • Hemorragia;
  • Perda de apetite e perda de peso;
  • Fraqueza e fadiga;
  • Náuseas e vómitos.

Há, também, outros sintomas que estão interligados como artrite, febre, anemia, osteoporose e desnutrição.

A Nutrição Funcional no tratamento das Doenças Inflamatórias Intestinais

O principal objetivo da Nutrição Funcional no quadro de doenças inflamatórias é reduzir a inflamação dos intestinos, e simultaneamente restaurar a permeabilidade intestinal.

É importante também analisar as carências nutricionais que entretanto surgiram, e intervir nas mesmas, prevenindo assim o surgimento de outra doenças.

Assim, recorrendo à nutrição funcional, os sintomas serão atenuados e retardados, melhorando a qualidade de vida, com uma dieta saudável e equilibrada. O acompanhamento em nutrição funcional permite-lhe também:

  • Elaborar um plano nutricional à sua medida;
  • Reduzir as suas preocupações em relação à doença;
  • Indicar receitas saborosas e saudáveis: desde rápidas e fáceis a pratos mais elaborados;
  • Planear refeições para obter todos os nutrientes necessários;
  • Indicar de livros de receitas;
  • Receber conselhos práticos para a vida real (comer socialmente, comer fora, ect.);
  • Reconhecer os factos da ficção;
  • Aprender sobre dezenas de alimentos novos e interessantes;
  • Assegurar energia suficiente.

Tudo, sabendo que tem connosco um suporte contínuo em que pode confiar, tirar as suas dúvidas, e partilhar as suas preocupações.

Agende hoje a sua consulta

Perguntas Frequentes

Qual é preço da consulta?

Os preços das consultas são:

  • 1ª consulta: 75€
  • Consultas seguintes 55€

Pacotes:

  • 3 consultas: 159€
  • 5 consultas: 259€
Em que consiste uma primeira consulta?

O objetivo da primeira consulta é entender a condição atual de saúde, com o máximo de detalhes possível, em especial:

  • análise de todo o histórico familiar, alimentar, atividade física, saúde mental e do peso;
  • análise de sinais e sintomas e histórico de exames laboratoriais;
  • antropometria: peso, medidas e percentual de gordura;
  • estabelecimento de metas (plano de ação);
  • em alguns casos, será requisitado exames adicionais entre a primeira e a segunda consulta;
  • prescrição de suplementação, quando necessário.

A primeira consulta dura aproximadamente uma hora.

A consulta para o tratamento das doenças inflamatórias do intestino é adaptado às minhas necessidades?

Todos os nossos tratamentos estão profundamente focados no atendimento individualizado, este não é excepção. O tratamento para as doenças inflamatórias intestinais (DII), como está indicado na pergunta anterior, é prescrito em função da condição actual de saúde do doente.

Não existem duas prescrições iguais, cada pessoa é única e o seu estado de saúde atual é a soma total das suas experiências.

Como funciona o acompanhamento?

No início do tratamento as consultas presenciais, são, geralmente de 4 em 4 semanas. Não é aconselhável espaçar muito mais do que isso.

É oferecido apoio para dúvidas que possam surgir após as consultas via Whatsapp ou e-mail. Gostamos de acompanhar os nossos pacientes de perto, principalmente no início do tratamento. Dessa forma, os resultados são melhores.

Dra. Ana Santos

  • Nutricionista licenciada pela Universidade Egas Moniz  desde 2011
  • Certificada em Functional Medicine pelo The Institute for Functional Medicine, Washington, EUA
  • Membro Efetivo da Ordem dos Nutricionistas n.º 1607N
Saiba mais

Outros tratamentos de saúde

Saiba mais sobre cada um deles

Clientes Satisfeitos

Depois de ter o meu segundo filho, e de maus hábitos alimentares, ganhei muito peso. Com o acompanhamento que tive na Clínica consegui perder 7 quilos e agora sinto-me muito bem! Obrigado a todos.

Fátima (38 Anos)

Lisboa

Sempre tive muitas dificuldades em dormir, tentei muitas terapias mas só com a ajuda da Dra Michelle é que descobri o que é uma boa noite de sono. Sou hoje uma pessoa diferente e com muito mais energia.

Carla (45 Anos)

Algés

Agende hoje a sua consulta

×