Entrega grátis em Portugal para compras superiores a 30€

 

Tratamento da Fadiga Adrenal

Fadiga Adrenal

A fadiga adrenal caracteriza-se pela dificuldade de o organismo lidar com o stress, causado pelo esgotamento das glândulas supra-renais. Sendo que o mau funcionamento destas glândulas provocam uma diminuição dos níveis de cortisol, afetando o estado emocional, ficando a pessoa exausta, doente e fraca. Em que a sintomatologia mais frequente é a fadiga física, mental e emocional, e que não desaparece com o descanso.

O cansaço pode ser tal que leva a uma perturbação das atividades diárias, mesmo com ausência de outras condições médicas associadas ao mesmo sintoma.

O cortisol é uma hormona produzida nas glândulas supra-renais, responde sempre em situações de alerta do organismo. E desempenha um papel importante na maneira como o corpo responde ao stress. É necessário, mas nas doses certas.

Cortisol

Um dos fatores que leva ao aumento do Cortisol é o stress. Quando está em situações de stress crónico, o cortisol mantém-se constantemente elevado. O que a nível de saúde se traduz na desregulação da glicémia e da tensão arterial, na redução da produção de insulina, ficando deste modo o sistema imunitário comprometido. Levando a alterações do sono, diabetes e hipertensão. 

Por outro lado, quando o cortisol está com níveis baixos, os sintomas são de exaustão, fadiga, fraqueza e depressão. Por isso, a “chave” é manter a sua curva natural.

Ou seja: ao acordar, pela manhã, os níveis de cortisol deverão estar mais elevados, e com o avançar do dia, a concentração deverá reduz gradualmente, em que o valor mais baixo deverá ser ao final do dia. Desde modo, ajuda a que a pessoa durma, mantendo um padrão regular de sono. 

Sintomas

De uma maneira simples, podemos dizer que a fadiga adrenal pode ser descrita como um cansaço a longo prazo que se transformou em fadiga. Assim, se:

  • se sente inexplicavelmente cansada desde o momento em que acorda até ao momento em que se deita;
  • se sente uma persistente falta de energia, tanto a nível físico como mental;
  • é um problema que sente há já alguns meses;
  • lhe dificulta o desempenho nas atividades regulares.

Então, poderá estar a sofrer deste distúrbio.

Na fadiga adrenal, em geral, o primeiro sintoma é normalmente a sensação de exaustão (característica primária, que pode ser alternada ou constante). O cansaço limita a pessoa na realização das suas tarefas diárias. Cansaço este, que se acompanhado por fadiga mental, leva a que a capacidade de concentração passe também a ser um problema.

Pode também ser uma combinação dos seguintes sintomas:

  • Fraqueza;
  • Falta de energia ao acordar;
  • Dores de cabeça;
  • Dores musculares e nas articulações;
  • Desconforto intestinal;
  • Depressão;
  • Perda de concentração;
  • Brain fog;
  • Mau humor;
  • Sistema imunitário comprometido;
  • Dificuldade de concentração.

Causas

A causa da fadiga adrenal ainda não é totalmente compreendida, permanecendo assim desconhecida. Existe controvérsia sobre se existe uma causa única ou várias causas, para este distrúrbio. Ou mesmo se a causa é física ou mental. Mas, em qualquer dos casos, os sintomas são muito reais para a pessoa.

Existem inúmeros potenciadores, mas numa forma geral, podemos indicar entre eles as seguintes causas:

  • Carências nutricionais;
  • Stress crónico;
  • Depressão;
  • Disfunção imunitária;
  • Inflamação;
  • Desregulação da glicémia;
  • Desregulação da Tiroide;
  • Insónias.
Síndrome da Fadiga Crónica | Fadiga adrenal

Como podemos ajudar

Uma das principais forma de tratamento para a fadiga adrenal consiste em adotar bons hábitos diários, e fazer uma alimentação saudável. É aqui que nós podemos ajudar, com a consulta de nutrição funcional. Esta consulta vai ajudar em inúmeros aspetos, centrando-se sempre em si e nas suas necessidades. Será importante analisar diversos pontos, contudo os principais são:

  • As carências nutricionais podem comprometer a produção de ATP a nível mitocondrial, sendo a suplementação uma ferramenta simples para reequilibrar as glândulas adrenais (supra-renais);
  • Adequar o aporte energético de forma a que não haja qualquer défice (por exemplo: num quadro de fadiga adrenal não é recomendado fazer jejum intermitente ou passar muitas horas sem comer);
  • Promover uma ação anti-inflamatória;
  • Controlar a glicemia;
  • Reduzir ou mesmo excluir o consumo de cafeina.

As consultas de nutrição permitem-lhe dar ferramentas úteis e simples para aplicar no seu dia-a-dia, fazendo assim escolhas conscientes e mais saudáveis que o ajudarão a ultrapassar uma fase menos boa!

Agende hoje a sua consulta

Perguntas Frequentes

Preços

Consultas

  • 1ª consulta: 80€
  • Consultas seguintes: (30 min) 55€

Pacotes

  • 2 Consultas (1ª consulta + 1 de seguimento): 110€
  • 3 Consultas (1ª consulta + 2 de seguimento): 170€
  • 5 Consultas (1ª consulta + 4 de seguimento): 270€
Como funciona o acompanhamento?

No início do tratamento as consultas presenciais, são, geralmente de 4 em 4 semanas. Não é aconselhável espaçar muito mais do que isso.

É oferecido apoio para dúvidas que possam surgir após as consultas via Whatsapp ou e-mail. Gostamos de acompanhar os nossos pacientes de perto, principalmente no início do tratamento. Dessa forma, os resultados são melhores.

Em que consiste uma primeira consulta?

O objetivo da primeira consulta é entender a condição atual de saúde do doente, com o máximo de detalhes possível, nomeadamente a nível de:

  • análise de todo o histórico familiar, alimentar, atividade física, saúde mental e do peso;
  • análise de sinais e sintomas e histórico de exames laboratoriais;
  • antropometria: peso, medidas e percentual de gordura;
  • estabelecimento de metas (plano de ação);
  • em alguns casos, poderá ser necessário requisitar exames adicionais (a trazer para a segunda consulta);
  • prescrição de suplementação, quando necessário.

A primeira consulta tem a duração de aproximadamente uma hora.

A consulta para o tratamento da fadiga adrenal é adaptada às minhas necessidades?

Todos os nossos tratamentos estão profundamente focados no atendimento individualizado, este não é excepção. O tratamento para a fadiga adrenal, como está indicado na pergunta anterior, é prescrito em função da condição actual de saúde do doente.

Não existem duas prescrições iguais, cada pessoa é única e seu estado de saúde atual é a soma total das suas experiências.

Os resultados do tratamento variam em função do indivíduo, assim como do problema a ser tratado. Em alguns casos é possível obter resultados rápidos, enquanto que noutros, pode levar vários meses ou mais. Como regra geral, quanto mais tempo estiver com o problema de saúde, mais tempo necessitará do tratamento.

Dra. Ana Santos

  • Nutricionista licenciada pela Universidade Egas Moniz desde 2011
  • Certificada em Functional Medicine pelo The Institute for Functional Medicine, Washington, EUA
  • Membro Efetivo da Ordem dos Nutricionistas n.º 1607N
Saiba mais

Outros tratamentos de saúde

Saiba mais sobre cada um deles

Clientes Satisfeitos

Depois de ter o meu segundo filho, e de maus hábitos alimentares, ganhei muito peso. Com o acompanhamento que tive na Clínica consegui perder 7 quilos e agora sinto-me muito bem! Obrigado a todos.

Fátima (38 Anos)

Lisboa

Sempre tive muitas dificuldades em dormir, tentei muitas terapias mas só com a ajuda da Dra Michelle é que descobri o que é uma boa noite de sono. Sou hoje uma pessoa diferente e com muito mais energia.

Carla (45 Anos)

Algés

Agende hoje a sua consulta

×

Powered by WhatsApp Chat

×