Entrega grátis em Portugal para compras superiores a 40€

 - 
English
 - 
en
French
 - 
fr
German
 - 
de
Italian
 - 
it
Portuguese
 - 
pt
Russian
 - 
ru
Spanish
 - 
es
0
  • No products in the cart.
 

Como descobrir quais são as suas intolerâncias na dieta FODMAP?

Como descobrir quais são as suas intolerâncias na dieta FODMAP?

Aguarde até que os sintomas estejam bem controlados antes de iniciar a introdução dos alimentos eliminados. A fase dos testes é a 2ª fase da dieta FODMAP. Teste um subgrupo por vez, por um período de três dias. Desafiar cada subgrupo do FODMAP separadamente é importante porque a tolerância para cada um pode variar.

Lembre-se que as informações aqui apresentadas devem ser usadas apenas como um guia, pois os testes alimentares devem ser adaptados para atender às necessidades de cada um.

Abaixo estão listados um exemplo dos alimentos que foram excluído da dieta na Fase 1, categorizada pelo subgrupo FODMAP.

  • Frutanos – alho, cebola, pão de trigo
  • GOS – feijão, caju
  • Excesso de frutose – mel
  • Frutose e sorbitol – maçã, pêra
  • Lactose – leite de vaca
  • Sorbitol – melancia
  • Manitol – couve-flor

Usando este exemplo, inclua 1 dos alimentos restritos (por exemplo, pão) diariamente por 3 dias. As doses testadas nos dias 1, 2 e 3 podem ser baseadas nos tamanhos de uma dose “normal”. Neste exemplo, vamos considerar uma dose normal, 2 fatias pequenas ou 1 bola:

  1. Dia 1 – 1/3 da dose normal
  2. Dia 2 – 2/3 da dose normal
  3. Dia 3 – porção completa (1 bola ou 2 fatias)

Depois que a tolerância para cada subgrupo for estabelecida, também pode-se avaliar a tolerância para doses maiores, maior frequência e diferentes combinações do subgrupos. Por exemplo, se você tolera 2 fatias de pão de trigo a cada segundo dia e tolera bem o mel, o próximo passo pode ser avaliar a sua tolerância em barrar o mel no pão de trigo, a cada segundo dia.

Se um desafio for mal tolerado, teste o alimento de desafio em uma porção menor / com menos frequência.

Pare de testar os alimentos que causam uma piora significativa dos sintomas.

Se um alimento for bem tolerado, inclua o alimento em uma porção maior / com mais frequência (por exemplo, duas vezes ao dia).

Inclua um período de “pausa” de 2 a 3 dias entre os testes para evitar efeitos aditivos ou cruzados.

Registre, em papel, planilha ou um aplicativo FODMAP, os alimentos testados e a resposta dos sintomas (por exemplo, inchaço, gases, diarréia, dor e gravidade dos sintomas – nenhum, leve, moderado ou grave). Essa informação será importante para o seu profissional de saúde personalizar a sua dieta.

A fase 3 é chamada de ‘personalização’, porque a tolerância do FODMAP varia entre as pessoas. Pode variar em termos de tipos, quantidades, frequências e combinações de alimentos.

É importante ressaltar que, na Fase 3, o foco muda da restrição da ingestão de FODMAP para a expansão da ingestão de FODMAP (de acordo com as tolerâncias estabelecidas na Fase 2) e a minimização das restrições alimentares.

Minimizar as restrições alimentares ajuda a otimizar a nutrição, aumentar a satisfação com os alimentos, aprimorar os aspectos sociais da alimentação e, possivelmente, melhorar a qualidade de vida.

Se deseja agendar uma consulta clique aqui.

Se quer saber mais informações sobre a dieta FODMAP clique aqui

×