Entrega grátis em Portugal para compras superiores a 40€

 - 
English
 - 
en
French
 - 
fr
German
 - 
de
Italian
 - 
it
Portuguese
 - 
pt
Russian
 - 
ru
Spanish
 - 
es
0
  • No products in the cart.

Dieta paleo alimentos permitidos e não permitidos

Dieta paleo, tal como sugere o nome, está fortemente inspirada no paleolítico. Ou seja, é uma dieta que se baseia nos hábitos alimentares do homem do Paleolítico. Por outras palavras, os seguidores desta dieta, fazem as suas escolhas alimentares com base nos alimentos que os nossos antepassados tinham à sua disposição. Provavelmente esta informação não é nova, mas é sempre interessante saber o que está por trás das coisas, nem que seja de uma dieta. Para saber mais, pode sempre ver a página Dieta paleo.

Voltando ao tema da dieta paleo e dos alimentos por ela permitidos – aliás, tema deste artigo – e ao que acabamos de dizer, os alimentos da dieta paleo são essencialmente a carne, os frutos e as sementes. E isto porque, segundo os promotores desta dieta, estes seriam os alimentos para o qual o corpo humano estaria preparado, ou de outra forma, teria sido moldado por milhões de anos.

 

Dieta paleo: alimentos permitidos versus alimentos proibidos

Pelo que atrás mencionamos, a parte dos alimentos permitidos na dieta paleo, está mais facilitada, não? Já sabe indicar alguns, espero.

Para simplificar ainda mais, aqui vai: os alimentos permitidos são aqueles que a natureza nos oferece (permitido); e os proibidos são os produtos que vêm de fábricas, ou seja, produtos industrializados (evitar).

 

Produtos naturais Produtos industrializados
vegetais, carne, peixes, marisco, oleaginosas, gorduras naturais (exemplo: óleo de coco, azeite e gordura da própria carne) açúcar refinado, grãos e cereais

 

Ainda nos alimentos a evitar… ou talvez não

Tal como tudo na vida, não há o certo e todo o resto errado. Assim, também a dieta paleo tem várias abordagens, e como tal, existem umas mais restritivas que outras.

Na versão mais restritiva evitam-se também alimentos de qualquer tipo de laticínios, leguminosas e café. Já o consumo de gordura, aconselha-se a que seja reduzido.

Na versão mais abrangente – segundo a qual o organismo tolera os produtos lácteos e leguminosas – já este tipo de alimentos podem ser consumidos. Mas (há sempre um mas…), os alimentos devem ser consumidos na sua forma mais natural possível. Ou seja, no que respeita a:

Produtos lácteos

  • evitam-se os produtos magros dando preferência aos gordos;
  • fermentados e de animais criados ao ar livre, no pasto;
  • preferencialmente de origem biológica.

Carne

  • a preferência é pelos cortes mais gordos onde se obtém gordura natural da própria carne.

 Gordura

  • consome-se mais gordura pois é este macronutriente que irá deixar uma pessoa saciada.

 

Criação de um menu paleo

Nesta e noutras dietas, uma das maiores dificuldades que se pode ter é a elaboração de refeições. Assim, vamos agora focarmo-nos na criação de um menu da dieta paleo, sem esquecer claro, os alimentos permitidos e os a evitar.

Quer tentar também e ver se o seu menu vai de encontro ao nosso? Vamos então a isso:

  • Pequeno-almoço: uma peça de fruta, ovos com bacon (ter atenção para não abusar das carnes vermelhas e processadas), apenas um café. Ou, pode fazer jejum, caso não sinta fome ao pequeno almoço (na deita paleo não é necessário comer de 3 em 3 horas ou fazer 5 refeições por dia).
  • Almoço: vegetais, proteína animal acompanhados com algum tipo de gordura (azeite, oleaginosas ou abacate).
  • Jantar: o mesmo que o almoço, ou apenas uma salada ou uma sopa.

Nota: na dieta paleo come-se de acordo com o apetite.

 

Refeições paleo fora de casa

Quem segue a dieta paleo consegue fazer refeições fora de casa? Sem que seja ela a prepará-las? Ou, por exemplo, ir a um restaurante comum, pode ser um desafio para alguém que siga esta filosofia? Ou ainda, este é um processo difícil de cumprir no dia a dia?

Estas são algumas questões que pode legitimamente colocar. Vamos analisar, mas por partes.

Sim, comer fora de casa pode ser difícil, mas em especial no que respeita a tomar o pequeno-almoço ou lanchar. Isto porque os cafés e as pastelarias (em Portugal) têm essencialmente disponíveis produtos à base de farinhas e açúcares refinados, como por exemplo pães, bolos ou outros artigos de pastelaria.

Não, comer fora de casa pode ser fácil, em especial se estivermos a falar de refeições como o almoço ou jantar. Na maioria dos restaurantes consegue-se comer proteína animal, vegetais, sopa e fruta. Para quem quer evitar acompanhamentos de arroz, batata ou massa basta pedir para substituir esses alimentos por vegetais. Segundo a minha experiência pessoal, nunca nenhum restaurante se recusou fazê-lo.

Resumindo: por hoje ficamos a conhecer melhor a dieta paleo, quais os alimentos a consumir e quais a evitar (nas duas vertentes); e ficamos a perceber que é possível comer fora e seguir a dieta, sem se preocupar. E, come-se apenas quando se tem fome.

 

Se gostou, e pretende algum esclarecimento…

Contacte-nos para falarmos mais

 

×