Entrega grátis em Portugal para compras superiores a 40€

 - 
English
 - 
en
French
 - 
fr
German
 - 
de
Italian
 - 
it
Portuguese
 - 
pt
Russian
 - 
ru
Spanish
 - 
es
0
  • No products in the cart.

Síndrome do Intestino Irritável: Alimentação

Sofre de diarreia depois de beber leite ou após consumir outro laticínio?

Sofre de obstipação após comer legumes, trigo e outros cereais como a cevada e o centeio? 

Sofre de flatulência, inchaço ou outro tipo de desconforto depois de consumir adoçantes ou sumos de fruta adoçados?  

Sente dor no estômago depois de comer determinadas frutas e vegetais? 

Peça ajuda para uma nutricionista qualificada 

Se respondeu sim a todas as questões acima, poderá ser sensível aos FODMAPs.

A nossa nutricionista pode ajudar a determinar se o seu organismo reage a uma alimentação com elevado teor de FODMAP e ajudar a identificar quais os alimentos que potencializam as reações, através de uma dieta de eliminação.

Iremos explicar, de uma forma simples e fácil de perceber, o que são FODMAPs, de como poderão afectar o seu organismo e guiá-lo em todos os passos de forma a gerir a sua sensitividade aos FODMAPs.

Também podemos desenvolver Planos Personalizados de forma a reduzir a frequência e/ou a gravidade dos seus sintomas, não descuidando das necessidades nutricionais, mesmo a seguir uma alimentação baixa em FODMAPs.

O que são FODMAPs?

O significado do acrónimo do FODMAPs é Fermentable Oligosaccharides, Disaccharides, Monosaccharides And Polyols. FODMAP é um conjunto de moléculas, especialmente hidratos de carbono de cadeia curta e açúcares, que estão presentes em inúmeros alimentos. 

Quando o seu intestino não consegue absorver os FODMAPs, as bactérias ficam responsáveis pela sua fermentação. Este processo natural leva à produção de gás e culmina no seu inchaço e flatulência.

Na realidade, os FODMAPs têm a sua importância pois, ajudam a manter o seu intestino saudável, contudo, se tiver uma sensibilidade pré-existente aos FODMAPs, o seu sistema digestivo irá reagir, levando ao desconforto e dor.

É importante relembrar que, embora os FODMAPs desencadeiam reações em algumas pessoas, não são a causa subjacente da Síndrome do Intestino Irritável (SII), Inflamação intestinal ou outros problemas a nível digestivo.

Quais são os sinais da sensibilidade aos FODMAPs? 

Os sinais aos quais o seu aparelho digestivo alerta da dificuldade em absorver os FODMAPs são:

  • Dor a nível abdominal;
  • Inchaço;
  • Obstipação ou Diarreia;
  • Flatulência;
  • Cólicas.

De uma forma geral, estes sintomas manifestam-se passado 4 horas de ingerir alimentos que contenham elevado teor em FODMAPs.

Se sofre de algum dos sintomas indicados, recomendamos que seja acompanhado por um profissional certificado que esteja apto a avaliar a sua situação de forma adequada.

O auto-diagnóstico poderá levar a desenvolver deficiências nutricionais e será algo a evitar.

Como desenvolvi sensibilidade aos FODMAPs?

Alguns dos nossos pacientes com sensibilidade aos FODMAPs foram diagnosticados previamente com SII e todos os pacientes são diferentes. Daí a importância de ser acompanhado por um profissional de saúde com experiência, que o poderá ajudar a avaliar o seu estado e orientá-lo da melhor forma.

Quais os alimentos que deverá evitar se tiver sensibilidade aos FODMAPs? 

Não existe uma lista absoluta dos alimentos a evitar ou a reduzir o seu consumo pois, o seu organismo reage de forma diferente aos FODMAPs comparativamente a outra pessoa. É algo que exige tempo e uma observação cuidadosa do profissional de saúde que o acompanha. A eliminação apressada de alimentos ricos em FODMAPs do seu dia–a-dia, sem o devido acompanhamento e aconselhamento, poderá resultar em carências nutricionais.

Após uma avaliação, testes de eliminação, monitorização e acompanhamento da dieta, aconselhamos alguns dos nossos pacientes a reduzir dos seguintes alimentos ricos em FODMAPs:

  • Frutas como a maçã, mirtilos, cerejas, peras, melancia;
  • Cereais como a cevada e o centeio;
  • Lacticínios incluindo o leite (vaca, ovelha e cabra), queijo fresco, gelados e iogurte;
  • Leguminosas: feijão, grão, favas, ervilhas, lentilhas;
  • Vegetais como espargos, brócolos, couve, alho, cogumelos;
  • Adoçantes como a frutose, mel, xilitol e sorbitol;
  • Produtos com trigo como pão, cereais e massas. 

Que alimentos poderei consumir com sensibilidade aos FODMAPs?

A lista de alimentos que poderá consumir irá depender do resultado da sua avaliação individual. O que deverá reter é que não existe a necessidade de eliminar por completo um determinado alimento da sua rotina. Em alguns casos, a redução do consumo é o suficiente para controlar os seus sintomas.

Segue uma lista dos alimentos com baixo teor em FODMAPs que os nossos pacientes consomem após acompanhamento com a nossa nutricionista:

  • Frutas como a banana, uvas, kiwi, limão, laranjas e morangos;
  • Cereais como o milho, aveia, quinoa e arroz;
  • Lacticínios como produtos sem lactose e queijos;
  • Alimentos ricos em proteína como ovos, peixe e carnes;
  • Hortícolas como cenouras, beringela, alface, batata, tomate;
  • Oleaginosas e sementes as nozes, pecãs, chia, abóbora.

Também temos um e-book com diversas receitas descomplicadas baixas em FODMAPs.

Quais são os benefícios e os ricos de uma alimentação com baixo teor de FODMAPs?

É fundamental para a sua saúde que altere para uma alimentação baixa em FODMAPs após aconselhamento de um nutricionista. É também importante reforçar que este tipo de dieta é aplicada por um curto espaço de tempo. O risco de desenvolver carências nutricionais entre outras complicações, que poderão ser prejudiciais para si.

Além disso, a nossa nutricionista geralmente recomenda uma alimentação baixa em FODMAPs para pacientes com SII. Este tipo de dieta pode levar a uma grande melhoria dos sintomas, melhorando a sua qualidade de vida.

A nossa Nutricionista é especialista na dieta baixa em FODMAPs e está pronta para o ajudar!

Ela terá todo o prazer em ajudá-lo a perceber um pouco mais sobre os FODMAPs e do seu papel no sistema digestivo.

Ajudamos inúmeros pacientes a identificar e a gerir a sua sensibilidade aos FODMAPs através dos nossos planos alimentares individualizados, assim como de soluções a nível de estilo de vida.

Agende uma consulta e fique a saber mais sobre os FODMAPs e como lidar com a sua sensibilidade!

Marcar Consulta

Tradução do artigo da New Life Nutrition – FODMAP & Nutrition – https://www.newlifenutrition.com.au/gut-and-bowel-health/fodmaps/
×