Entrega grátis em Portugal para compras superiores a 40€

 - 
English
 - 
en
French
 - 
fr
German
 - 
de
Italian
 - 
it
Portuguese
 - 
pt
Russian
 - 
ru
Spanish
 - 
es
0
  • No products in the cart.

O que é a microbiota intestinal e como pode ser otimizada?

A sua microbiota tem inúmeras funções: eliminação, formar e absorver vitaminas, digerir alimentos, regular o sistema imunitário entre outros.

O que é a microbiota intestinal? 

A microbiota intestinal são as bactérias, fungos e vírus que residem no intestino. Temos diferentes tipos de microorganismos no nosso organismo sendo que estes podem estar presentes nos pulmões, pele, vagina entre outros órgãos e cada pessoa tem os seus próprios microorganismo. Tal como cada pessoa é única e possui uma impressão digital única, cada pessoa possui um microbioma único. No corpo humano, temos cerca de 30 triliões de células humanas,  a nossa microbiota está estimado em 39 triliões de células que vivem em nós, por isso, o efeito que eles têm em nós pode ser enorme. Estima-se que o peso do nosso microbioma é entre 1 a 2,5kg.

Qual a origem da microbiota intestinal? 

Herdamos a nossa microbiota da nossa mãe até ao nosso nascimento. Além disso, os alimentos que consumimos, a quantidade de tempo que passamos ao ar livre e as nossas emoções nos 2 primeiros anos de vida levam à formação do nosso microbioma.

À medida que crescemos e consoante os alimentos que ingerimos, o tempo que passamos ao ar livre na natureza, as nossas emoções e stress afetam o equilíbrio dos microorganismo quer a nível intestinal como no nosso corpo. 

probioticos

Qual a função da nossa microbiota? 

O nosso microbioma é responsável por inúmeras funções como eliminação, produção de vitaminas, processo digestivo como regular o sistema imune. Tem também impacto na produção das hormonas da felicidade – serotonina- Sabia que mais de 90% da seretonina é produzida no seu intestino e não no seu cérebro? Existem bactérias no intestino que  podem ser a causa da dominância de estrogénio, ansiedade, depressão entre muito mais. 

Microbiota & Testes

Há inúmeros testes que podem ser realizados de forma a estudar a sua microbiota intestinal. o Teste mais popular é o teste de fezes e que permite:

  • A forma como digere os seus alimentos;
  • O processo inflamatório do intestino;
  • o seu microbioma: este inclui as boas bactérias, as bactérias problemáticas, parasitas, entre outros;
  • Permeabilidade intestinal.

O grande objectivo é perceber o equilíbrio (ou não) que há entre os microrganismos menos bons com os melhores. Através dos resultados, a intervenção é outra de forma a melhorar todo o panorama. O que acontece no intestino, não fica apenas no intestino. Tem um impacto no nosso organismo como um todo, e daí ser importante ter um bom suporte de forma a assegurar a sua intestinal como também hormonal, mental, envelhecimento saudável, cardiovascular entre muitos outros.  

Não existe uma área que não seja afetada pelo intestino e daí ser tão importante dar o devido suporte ao seu bom funcionamento. Também é sabido que alguns micro-organismos no intestino estão interligados a determinadas condições autoimunes. A autoimunidade é um desequilíbrio no sistema imunitário e, como 80% do sistema imunitário está presente no intestino, é extremamente importante a relevância de um bom suporte.

probioticos

O que poderá ser feito hoje de forma a melhorar a sua microbiota no futuro? 

Até 80% do nosso sistema imunitário reside no intestino e daí ser tão importante dar o devido suporte ao microbioma intestinal, tendo assim um grande impacto na saúde imunitária. Há inúmeras formas na qual podemos dar um bom suporte a nossa microbiota: 

  • Inclua 30 tipos diferentes de alimentos vegetais, na sua alimentação, por semana: frutas, vegetais, oleaginosas, sementes, ervas aromáticas, especiarias, leguminosas e cereais;
  • Inclua diferentes tipos do mesmo alimento, como por exemplo o arroz integral e o arroz preto – apesar do mesmo alimento, possuem características diferentes, tendo uma resposta também diferente no microbioma. O mesmo se aplica aos restantes alimentos. Os pimentos, inclua tanto o vermelho, o amarelo como o verde, diferentes tipos de maçã, diferentes tipos de banana, entre outros;
  • Uma boa saúde do intestino é sinónimo de uma boa diversidade, sendo fundamental ter diferentes tipos de alimentos vegetais, alimentando assim diferentes microorganismos no seu intestino e permitindo que estes se desenvolvam;
  • Reduza o stress o mais possível visto este ter um efeito negativo na sua microbiota;
  • Tenha um animal de estimação! Os estudo têm demonstrado que um animal de estimação tem um efeito positivo na microbiota; 
  • Tenha uma boa noite de sono – o sono tem efeito positivo na microbiota;
  • Seja consistente!

Se gostou, e pretende mais…

Marcar Consulta

Tradução do artigo da London Clinic Nutrition – https://londonclinicofnutrition.co.uk/nutrition-articles/what-is-the-gut-microbiome-and-how-can-it-be-supported/
×