Entrega grátis em Portugal para compras superiores a 40€

 - 
English
 - 
en
French
 - 
fr
German
 - 
de
Italian
 - 
it
Portuguese
 - 
pt
Russian
 - 
ru
Spanish
 - 
es
0
  • No products in the cart.
prós e contras da dieta paleo

Prós e contras da dieta paleo

Na entrevista baixo para a Women’s Health Portugal, relato os prós e os contras da dieta paleo.

Existe algum benefício específico para a saúde, seguir uma dieta paleo?

O maior benefício é deixar de comer produtos industrializados e assim prevenir as doenças ocidentais: obesidade, cancro, doenças cardiovasculares e diabetes.

É apenas uma dieta ou também é um estilo de vida?

É um estilo de vida pois acaba-se por ter mais consciência da origem dos produtos que consumimos, do meio ambiente, apoia o comércio local e  esta dieta também promove a prática de atividade física, passar tempo ao ar livre para apanhar sol, dormir bem e estarmos bem mentalmente.

Esta é uma dieta adequada a qualquer pessoa? Mesmo os celíacos, intolerantes à lactose, ovos, peixe ou carne?

É especialmente indicada para celíacos pois evita-se os alimentos com glúten: os cereais. Se uma pessoa for intolerante a lactose, basta evitar os laticínios.

É possível ser vegetariano ou vegan e seguir esta dieta?

É possível sim. Torna-se mais fácil se a uma pessoa seguir a versão mais abrangente da dieta pois pode-se comer as leguminosas, que são alimentos importantes quando não se come alimentos derivados de animais. Em uma versão mais restritiva,  o desafio é maior, pois a pessoa fica limitada basicamente à vegetais, frutas e oleaginosas.

Quais são as principais vantagens da dieta paleo?

Os benefícios é que se for uma dieta rica nos mais diversos alimentos naturais, pode melhorar o bem estar da pessoa e prevenir diversas doenças, uma vez que uma alimentação rica em frutas, vegetais, legumes e oleaginosas é rica em antioxidantes. Os antioxidantes combatem os radicais livres e previnem o aparecimento de infecções e doenças. Algumas das vantagens são: controle do apetite, clareza mental, função metabólica normalizada, níveis de açúcar no sangue e sensibilidade a insulina estabilizados, diminuição nos níveis de inflamação, melhoras no humor e sensação de bem-estar.

Quais são as principais desvantagens desta alimentação?

A principal desvantagem é consumir proteína animal em excesso e é este o erro mais comum dos seguidores dessa dieta. Temos que lembrar que a base da alimentação deve ser de vegetais. Dietas com elevado consumo de proteína podem causar problemas nos rins, osteoporose, aumentar a probabilidade de desenvolver cancro de mama e de cólon.

Existem pessoas a quem este estilo alimentar seja totalmente desaconselhado? (por questões de saúde como a diabetes, colesterol, problemas cardíacos, etc.)

Se uma pessoa for seguir a dieta paleo por motivos de emagrecimento e assim evitar tubérculos, leguminosas e frutas ou seja fazer uma alimentação baixa em hidratos de carbono, se tem doenças como diabetes e tensão alta devem ser monitoradas por um médico pois  a medicação deverá ser ajustada. No caso da diabetes evitar alimentos rico em hidratos de carbono diminui a necessidade do medicamento e tomar a mesma dose de insulina pode resultar em hipoglicemia. No caso da tensão alta, a dosagem do medicamento pode acabar por ser muito alta e resultar em tensão baixa.

Como avalia o futuro da alimentação em Portugal, se estas dietas se tornarem mais comuns e começarem a atingir uma camada maior da população?

Um futuro com pessoas com mais saúde e mais felizes. Hoje em dia estamos a viver mais anos e ter uma alimentação mais saudável implica em desfrutar desses anos com uma maior qualidade de vida.

Que mudanças a nível físico e psicológico podemos encontrar a curto e largo prazo, seguindo a dieta paleo?

A nível físico uma pessoa sente mais energia, melhoras no sono, melhor digestão, prevenção contra vários tipos de doenças como diabetes e doenças cardíacas. A nível psicológico uma pessoa tem uma maior clareza mental, melhoras na auto-estima, possivelmente melhorias no humor devido a estabilização dos níveis de açúcar no sangue evitando grandes quebras de energia.

É aconselhada a quem pretende perder peso?

Sim, porque elimina dois alimentos que são das maiores causas da obesidade: farinha e açúcar refinados. Entretanto, dentro do grupo dos alimentos naturais, existem melhores e piores opções para quem quer perder peso. Por exemplo, frutas tropicais e vegetais que crescem abaixo do solo (batata, batata doce, mandioca) devem ser evitados no processo de emagrecimentos pois são ricos em hidratos de carbono.

É caro seguir esta dieta? Tem custos avultados?

Hoje em dia é mais caro comer alimentos naturais do que alimentos processados. No geral, os produtos industrializados são ricos em farinha e açúcar refinados, 2 ingredientes extremamente baratos e que conservam-se bem durante muito tempo. Porém se formos pensar a longo prazo, seguir esta dieta é mais barato pois iremos poupar em custos relacionados com a saúde, pois vamos prevenir doenças que são causadas ou agravadas pela má alimentação.

×