Entrega grátis em Portugal para compras superiores a 40€

 - 
English
 - 
en
French
 - 
fr
German
 - 
de
Italian
 - 
it
Portuguese
 - 
pt
Russian
 - 
ru
Spanish
 - 
es
0
  • No products in the cart.
vitamina b12

Vitamina B12: a sua monitorização será importante apenas nos vegetarianos/vegan?

Existem inúmeras vitaminas e cada uma tem o seu papel importante, contudo a vitamina B12 é uma das vitaminas bastante abordadas, principalmente quando se fala de uma alimentação vegetariana/vegan. 

Mas fora do contexto de uma alimentação vegetariana, será esta vitamina “dispensável”? Para ver estas, entre outras questões respondidas, terá este artigo como um aliado. Abordará as funções dessa vitamina, onde a podemos encontrar na alimentação, as causas do seu défice, identificar se tem ou não carência de B12 e como o poderá contornar.

A vitamina B12 é uma vitamina hidrossolúvel (como as restantes vitaminas do complexo B e vitamina C), não é sintetizada pelo nosso organismo e daí ser essencial o seu consumo. 

Esta, desempenha inúmeras funções como:

  • Co-fator de enzimas (envolvidas no metabolismo da homocisteína);
  • Maturação dos glóbulos vermelhos;
  • É utilizada no metabolismo do ácido fólico;
  • Relevante no funcionamento do Sistema Nervoso Central e Periférico;
  • Produção de alguns neurotransmissores;

Sendo esta essencial, é necessário perceber onde a pode encontrar na sua alimentação!

As fontes de B12 são de origem animal: carne, peixe, ovos e lacticínios. As fontes de origem vegetal não contêm esta vitamina na sua forma ativa, mas sim, análogos. Esses análogos, não são metabolicamente ativos em humanos, não tendo assim qualquer tipo de relevância. 

vitamina b12

Agora que sabe quais as fontes de B12, consegue perceber que há pessoas que não têm qualquer fonte alimentar no seu dia-a-dia, visto consumirem apenas alimentos de origem vegetal, como os vegetarianos/vegan.

Mas será que são os únicos? Uma pessoa que consome fontes animais e de forma diária, poderá apresentar défice de Vitamina B12?

A resposta é sim: num contexto de alcoolismo crónico, gastrite crónica, cirurgia bariátrica, doença de Crohn, ou mesmo o uso de alguns medicamentos, nomeadamente a metformina, são algumas das causas que poderão levar à carência de B12.

De uma forma mais simples, existem grupos de risco, sendo estes:

  • as crianças;
  • os idosos;
  • os vegetarianos/vegan (como já indicado);
  • pessoas que tomam antiácidos por longos períodos de tempo; 
  • diabéticos;
  • mulheres na gestação ou amamentação. 

Questiona-se e bem, se há uma ingestão da vitamina, seria suposto não haver carência da mesma! Mas, e de forma simples, esta carência deve-se:

  • a uma maior necessidade;
  • a uma absorção diminuída/inexistente: a absorção da B12 é feita no intestino, contudo o estômago produz um composto que é necessário para essa mesma absorção (Fator Intrínseco);
  • o armazenamento está comprometido, visto ser feito no fígado.  

Em alguns casos, a deficiência da B12 pode permanecer sem qualquer tipo de sintomas, e por longos períodos de tempo.  Esta situação, poderá levar a uma deficiência crónica, e caso não seja tratada atempadamente, poderá levar a manifestações neurológicas irreversíveis. 

Quando a pessoa está sintomática, os sintomas mais presentes são:

  • Fadiga;
  • Arritmia; 
  • Irritabilidade; 
  • Falta de força;
  • Falta de ar;
  • Problemas de atenção e concentração;
  • Falta de memória;
  • Sensação de formigueiro nas mãos ou pés;
  • Perturbações na marcha;
  • Fraqueza muscular dos membros inferiores;

E como poderá detetar se apresenta défice ou não da B12?

b12 vitamina

O mais simples será ver os valores da vitamina B12 contudo, não serão os únicos valores que poderão estar alterados.

  • Numa situação de défice moderado de B12, o valor da homocisteína está elevado;
  • Em caso de deficiência grave, o Volume Globular Médio (VGM) está também alterado (> 98 fL).

    Parâmetros Unidades Intervalo de Referência Ideal
    Ácido Fólico ng/ml > 10
    Vitamina B12 pg/mL > 500
    VGM fL 86 – 92
    Homocisteína 𝜇m/l 4 – 9

Outro parâmetro a ter em atenção são os valores de Ácido Fólico, isto porque, poderá mascarar possíveis défices de vitamina B12, sendo também relevante incluir este parâmetro numa análise. 

Como já constatou, através das suas análises, é simples perceber que os valores estão abaixo ou não, contudo será imprescindível ter o acompanhamento por um profissional de saúde que o/a possa realmente ajudar!

Se for necessário suplementar, após avaliação pelo profissional de saúde, será importante perceber que existem diferenças nos suplementos de B12.

Existem inúmeras formas disponíveis de suplementação de Vitamina B12 no mercado, mas a mais comum é a cianocobalamina. Apesar de ser a forma mais comum, a cianocobalamina, para ficar na forma ativa, terá primeiro que passar por um processo de conversão para depois ser assimilada.

metilcobalamina

Porém, existe uma outra forma no mercado, a Metilcobalamina, sendo que esta transfere o grupo metil à homocisteína, convertendo-se assim em metionina, o que faz com que a sua biodisponibilidade seja superior, sendo a mais aconselhável. 

Pretende ser acompanhado/a e ter toda a ajuda que precisa? Marque a sua consulta connosco!

 

×